Informática BH

Segurança: Pragas virtuais – Parte 1 – O que são:

Como o nome possa sugerir, pragas virtuais são códigos de programas ou práticas maliciosas realizadas por cracker´s visando prejuízo de quem  está sendo atacado. Tais prejuízos podem partir desde consumo excessivo de memória  do micro causando lentidão no mesmo até  roubo de dados pessoais a fim de se obter recursos financeiros ilícitos.  São classificados como pragas virtuais os  vírus, worms, trojans (cavalo de Tróia), spyware e phishing.

Vírus:

Vírus é um código de computador hipotético que se anexa a outros programas ou arquivos de dados a fim de ser executado, geralmente sem conhecimento nem permissão do usuário. A maioria dos vírus transporta uma “carga” podendo ser relativamente benigna, como instruções para exibir uma mensagem ou imagem, ou pode ser altamente destrutiva – destruir programas ou dados, entupir a memória do computador, ou fazem com que programas não funcionem corretamente. Normalmente os vírus passam de computador para computador quando o usuário realiza alguma ação, como enviar um e-mail com anexo, copiar um arquivo infectado, ou baixar algum arquivo infectado de e-mail, sites ou programas de downloads, etc.

Worms:

Programas de computador independentes que copiam a si mesmos de um computador para o outro por meio de uma rede. (Diferentemente dos vírus, eles podem funcionar sozinhos, sem se anexar a outros arquivos de programa, e dependem menos do comportamento humano para se disseminar. Isso explica por que os worms se e espalham muito mais rapidamente que os vírus.). Os worms destroem dados e programas, assim como prejudicam e até interrompem o funcionamento de redes de computadores.

Trojans (cavalo de Tróia):

Cavalo de Tróia é um software que parece benigno, mas depois faz algo diferente do esperado. O cavalo de tróia diferencia-se de um vírus porque não se replica, mas é muitas vezes uma porta para que vírus ou outros códigos mal-intencionados entrem no sistema. O termo cavalo de Tróia refere-se ao gigantesco cavalo de madeira usado pelos gregos durante a Guerra de Tróia para enganar os troianos, que abriram para ele os portões de sua cidade fortificada. Uma vez dentro dos muros da cidade, os soldados gregos escondidos no cavalo revelaram-se e tomara Tróia.

Spyware:

Spyware é um programa que se instala no computador para monitorar a atividade do internauta e usar as informações para fins de marketing. Alguns anunciantes da Web usam spyware para conhecer os hábitos de compra dos usuários e exibir anúncios sob medida para eles. Muitos usuários consideram esses spywares incômodos, e alguns condenam seu uso, alegando que eles infringem a privacidade dos usuários de computador. De acordo com a Microsoft o spyware pode invadir a sua privacidade, bombardeá-lo com janelas pop-up, tornar o seu computador mais lento e até fazê-lo bloquear (http://www.microsoft.com/portugal/athome/security/spyware/spywareprevent.mspx).

Phishing:

 Em um ataque de phishing, são enviados e-mails que alegam ser de um banco, empresa de cartão de crédito, varejista ou outra empresa, e direcionam o destinatário a um site onde se solicita a inserção de informações vitais, tais como números de conta bancária, números da Previdência Social, detalhes do cartão de crédito ou senhas on-line. O site parece legítimo, mas na verdade é uma farsa. Os golpistas usam as informações obtidas por meio do phishing para esvaziar contas bancárias ou de cartão de crédito, ou ainda vender estas informações para que os outros façam.

Na próxima dica serão passadas algumas instruções para prevenir que o seu computador seja infectado por estas pragas. Aguardem.

Daniel Fernando

Assuntos relacionados: Como realizar compras seguras pela Internet

 

This free website was made using Yola.

No HTML skills required. Build your website in minutes.

Go to www.yola.com and sign up today!

Make a free website with Yola